segunda-feira, 1 de outubro de 2012

REMÉDIO PARA APATIA


Como eu, a poesia é reticente,
mas alerta no alvorecer,
explode em minha mente
e se espalha pelo meu ser,
entra pelos olhos e ouvidos.
Leve e sem alaridos,
freme e sensibiliza
todos os sentidos.
Ao pesaroso não neutraliza
e é por isso sempre poesia.
Reinventa-se e veste a tristeza,
não só a alegria e a beleza.
E todo dia se anuncia,
desfazendo toda apatia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário